Blog Memorarces

Por Rubia Arce e Colunistas

Leitores desde cedo

12 Jun 2017

Caros leitores, se pararmos para pensar nos números que as pesquisas nos mostram, ficaremos indignados com a quantidade de leitores que temos hoje em dia. Mas se pensarmos a partir de nossa realidade, verificaremos que somos leitores desde bem pequeninos.

 

Começamos a ler, a princípio, desde as imagens que nos são apresentadas, das cores, dos sons, dos objetos, etc. Sim lemos o tempo todo, e não temos noção disso. Só que este tipo de leitura não é o suficiente para nos apresentarmos ao mundo a sociedade à medida que crescemos. Cada vez mais somos cobrados a decifrar letras, códigos, mensagens, etc. Mas o que fazer em um país que não se preocupa em formar leitores, em ter bibliotecas para atender sua população, em ter lugares onde possamos comprar livros a preço de custo e onde livro é considerado um item supérfluo em comparação a um item essencial à sobrevivência da grande maioria?

 

O que nós podemos fazer?

 

Dar a nossa pequena parcela de contribuição com atitudes mínimas para aqueles que estão em situação de vulnerabilidade social e econômica.  Precisamos, caros leitores, de pessoas como nós mesmos, para pensar um pouco mais no próximo e ver o que é possível ou que está ao nosso alcance para tentarmos diminuir as grandes diferenças apresentadas em nosso meio. Precisamos de leitores que formem leitores, de familiares e de profissionais que tenham gosto pela leitura e que possam sintonizar o mundo da leitura com a realidade vivenciada por seus ouvintes e leitores.

 

Podemos exemplificar como Dona Benta

 

Personagem de Monteiro Lobato fazia com seus netos em seu sítio; ela trazia diversos suportes de escrita para o convívio dos seus; assim poderia ser com nossos papais e mamães e os mais diversos profissionais que nos rodeiam.

 

Para isso, se faz necessário que nós, profissionais, das mais diversas áreas, possamos adequar nossos conteúdos e nossa linguagem ao nível de compreensão de nossa plateia. Democratizar o acesso à leitura, levando o nosso saber e a nossa inspiração, a todos que, de alguma forma, dependem de nós para dar um passo à frente em suas respectivas jornadas.

 

Queridos leitores, neste primeiro texto para o blog Memorarce, tento tocar seus corações para juntos entrarmos numa jornada contra a ignorância real e funcional de grande parcela de nossa população. Juntos somos mais e seremos um país melhor.

 

Conto com vocês para exporem suas experiências com a leitura, com os livros. Façam seus comentários, me relatem suas experiências, será um prazer poder interagir com todos.

 

 

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

O PESO

November 18, 2019

1/10
Please reload

Arquivos
Please reload

Siga-me
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon