Blog Memorarces

Por Rubia Arce e Colunistas

ATITUDES QUE INSPIRAM

9 Sep 2017

Bienal do Livro do Rio acontecendo e, de repente, uma postagem bomba numa comunidade de escritores!

 

Anelise Vaz posta no facebook uma foto dela vestindo um avental com bolsos gigantes e transparentes onde estão inseridos seus livros. Ela, uma autora independente, escreve que é sua primeira bienal, que não tem estande para a venda dos livros, e que vendeu só 3, mas ainda assim está feliz.

 

A simplicidade da postagem, a sinceridade e humildade das palavras na legenda foram suficientes para a foto atingir mais de 1.000 likes e quase 300 comentários.

 

A última coisa que passaria pela cabeça de qualquer pessoa ao ver a postagem é que caminhar pelos corredores da Bienal do Livro do Rio, anunciando e vendendo seu livro, vai de encontro às regras do evento. Ao contrário, o que a postagem fez foi inspirar as pessoas. Por quê?

 

Nós escritores sabemos o quão difícil é vender um livro (sim! Digo, uma unidade da obra), ainda mais conseguirmos um estande em um evento desta magnitude para vendê-lo. Aí está a grandiosidade da atitude de Anelise. O fato em si inspira, porque representa, ainda que não intencionalmente, uma revolta contra o sistema, contra as regras, contra a impossibilidade de alguém sem recursos fazer parte de algo grandioso.

 

A postagem de Anelise desmembra-se em vários outros aspectos curiosos. A garota se diz feliz, por exemplo, mesmo após vender apenas 3 livros. O que representa uma venda pequena para um evento tão expressivo. Isso é grandioso. Uma autora manifestando sua alegria com a venda de tão poucos exemplares.

 

Eu conheço pelo menos meia dúzia de escritores que numa situação dessas já estaria reclamando e amaldiçoando Deus e o mundo. Ela não. E isso faz toda a diferença. Com essa postura positiva e de total satisfação, a mensagem que Anelise nos passa é a de que não importa a situação, você pode olhar para o lado bom das coisas. E o lado bom foi o fato dela ter vendido (que fosse um somente) livros na Bienal do Rio.

 

Não deu outro resultado. Após a movimentação que sua postagem alcançou na comunidade com quase 15.000 membros, o estande de uma editora a convidou para vender seus livros por lá.

 

Conclusão, Anelise não só conseguiu um local legal para ficar durante o evento, como também uma data e hora para o lançamento de seu livro. É a humildade, esforço e coragem coroando seus seguidores. Parabéns, Anelise, mantenha seu espírito empreendedor. E que, quem sabe, dessa situação os organizadores de eventos literários como este passem a perceber também os inúmeros autores marginalizados que precisam ser incluídos nas próximas bienais. Estamos com você!

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

VIAGEM A OUTRO MUNDO

November 11, 2019

1/10
Please reload

Arquivos
Please reload

Siga-me
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon