Blog Memorarces

Por Rubia Arce e Colunistas

O lugar do seu talento é no mundo!

4 Dec 2017

 

Olá querido/a leitor/a,

 

Gostaria de propor um breve exercício antes que você inicie a leitura deste texto: pense em dois/duas super heróis/super heroínas e, como um filme em sua mente, relembre toda a trajetória de cada um/a deles/as. Relembre aonde a sua história inicia, os acontecimentos difíceis ao longo do caminho, o momento em que o grande poder se manifestou pela primeira vez, as perdas, as escolhas, os sacrifícios, as crises, as batalhas, etc. (momento de pausa para que a sua imaginação possa fluir).

 

E aí? Após esta reflexão você consegue perceber pontos em comum entre ambas histórias? A sucessão de fatos das duas trajetórias apresenta semelhanças? Em que se diferem e em que se aproximam? Provavelmente podem haver semelhanças no enredo das histórias, isto é, a sucessão de fatos que as compõem se desenrolam seguindo uma lógica parecida.

 

Joseph J. Campbell descreve em seu livro "The Hero with a Thousand Faces" (O Herói de Mil Faces) uma estrutura narrativa presente nos mitos, chamada de Monomito ou A Jornada do Herói. Esta estrutura contempla 12 passos ou estágios que estão presentes na dinâmica de transformação do indivíduo comum em um/a grande herói/heroína e é muito utilizada em roteiros de filmes e séries. São eles:

  1. O mundo comum

  2. O chamado para a aventura

  3. A recusa ao chamado

  4. O encontro com o mentor

  5. A travessia do limiar

  6. Testes, aliados e inimigos

  7. A aproximação da caverna profunda

  8. A provação suprema

  9. A conquista da recompensa

  10. O caminho de volta

  11. A ressurreição

  12. O retorno com o elixir

 

 

Saiba mais sobre a Jornada do Herói em: vídeo.

(se a legenda não aparecer automaticamente é só clicar no ícone para ativá-la)

 

Este ciclo de acontecimentos que “padronizam” as histórias dos/as heróis/heroínas muito se assemelha com as nossas histórias de vida, pois também percorremos toda uma jornada em nossa existência. Até nos tornarmos um/a grande herói/heroína é necessário vivenciar diversas situações que moldarão a nossa visão de mundo e que nos possibilitará ter domínio sobre o nosso grande poder.

 

Sim! Todos/as nós temos guardado um poderoso talento que é descoberto em algum momento da vida. Pode ser aquela geléia que só você sabe fazer, o instrumento que você aprendeu a tocar, os belos poemas que você escreve, as lembrancinhas para festa que são feitas com tanto amor e criatividade, a capacidade de inspirar pessoas pela sua fala, enfim, são múltiplos os talentos que cada um desenvolve, mas que acabam sendo deixados de lado. Seja qual for o motivo, acabamos paralisados/as e recusando ao nosso chamado no mundo. Optamos por insistir em fazer algo que não é nosso.

 

“Servir só para si é não servir para nada.”

Voltaire

 

Quando pensamos em gênios... O que nos difere dos grandes gênios que revolucionaram a humanidade, se pertencemos à mesma espécie (homo sapiens sapiens), e habitamos o mesmo planeta? Aqueles/as que realizaram grandes feitos pela humanidade escolheram não parar no meio do caminho. Ao invés de permanecerem paralisados/as ou acomodados/as, estas pessoas percorreram suas jornadas colocando aquilo que faziam de melhor a serviço dos outros. Para chegar a este ponto foi necessário muito esforço, dedicação, persistência e resiliência, pois ninguém nasce pronto.  

 

Dedique parte do seu tempo para “exercitar” o seu talento. É mais ou menos como entrar em uma academia: os resultados não surgirão de um dia para o outro e sim com a prática diária, constante e correta de cada um dos exercícios. Também não se faz uma única ficha para sempre. É necessário mudar, trabalhar músculos diferentes e suar bastante a camisa.

 

Costumo dizer que existem outras pessoas espalhadas pelo mundo que dependem apenas do que você tem a oferecer. Seu poder será a única maneira para que a vida destas pessoas mude de alguma forma. No entanto, se você não estiver lá, a oportunidade passará, e aquela vida não será impactada. Aonde você se encontra agora?

 

Vídeo:

A Essência do Servir (TED)

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

O PESO

November 18, 2019

1/10
Please reload

Arquivos
Please reload

Siga-me
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon