Blog Memorarces

Por Rubia Arce e Colunistas

Minha oração de Gratidão

5 Mar 2018

Olá minha gente querida!

 

É uma honra estar entrando para esse time de colunistas da Memorarce.

 

Esse é o meu artigo de estreia e ele vêm para falar um pouco de onde eu venho como uma Oração de Gratidão!

 

Gratidão a minha mãe e meu pai, que aceitaram o desafio de tornarem-se pais. Dois guerreiros que lutaram para oferecer o melhor que podem para seguir adiante no projeto original do crescei e multiplicai-vos.

 

Gratidão as minhas irmãs com as quais ensaiei os meus primeiros contatos com a convivência do diferente, desenvolvi minhas habilidades de relacionar, fiz meus primeiros exercícios de {com}partilhar.

 

Gratidão a todos os colegas, amigos, conhecidos que passaram comigo a infância e adolescência nessa maravilhosa Belo Horizonte.

 

Gratidão aos colegas, amigas, professores e mestres das turmas de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 1998/2004.

 

Gratidão aos amigos e colegas do meu primeiro emprego: Hospital Sofia Feldman. Berço de muitos aprendizados, desenvolvimento e crescimento.

 

Gratidão ao SUS-Contagem/MG, onde me aperfeiçoo profissionalmente e pessoalmente, onde realizo um trabalho que me motiva prosseguir ajudando pessoas com simplicidade, respeito e qualidade.

 

Gratidão ao primeiro namorado, hoje ex-marido com o qual desenvolvi o projeto mais importante da minha vida: Pedro e João, meus filhos amados.

 

Gratidão ao meu filho Pedro, que me oportunizou tantos despertares e um primeiro convite para um auto encontro, eu e eu mesma.

 

Gratidão ao meu filho João que me oportunizou entrar em contato com uma força que nem imaginei estar dentro de mim, dando basta a 17 anos de relacionamento abusivo.

 

Gratidão às pessoas que se mantiveram ao meu lado durante o deserto que atravessei, e que em silêncio, só observando, me ampararam nos momentos de tanta dor e medo. De rompimento com tantos planos e sonhos.

 

Gratidão ao meu terapeuta que me ajuda a ser a artesã do meu amor próprio, autoconhecimento e desenvolvimento.

 

Gratidão ao meu renascimento.

 

Gratidão aos portais que se abriram e seguem abrindo nessa jornada de desenvolvimento pessoal. Conhecimentos libertadores, conexões com novos amigos e reconexões com velhos amigos.

 

Gratidão a Sandra e Yuri que me abriram as portas da linguagem do coração: Comunicação Não Violenta.

 

Gratidão ao grupo da Terapia Sistêmica Familiar, no qual entendi a importância das conexões familiares e o desenvolvimento do indivíduo, a começar por entender eu mesma na família Simões Leandro.

 

Gratidão ao Coaching que arrancou a venda dos meus olhos e me fez tomar consciência de que a minha missão é ser eu mesma e partilhar com o mundo o que eu sou, pois sou parte de um todo que existe apesar de mim, mas também por mim.

 

Gratidão ao grupo Rompendo Limites que me ajudou a avançar um pouco mais na compreensão de que minhas limitações não são meus limites.

 

Gratidão aos mentores dessa nova fase.

 

Gratidão a Deus que orquestra maravilhosamente a sinfonia da minha vida.

 

Gratidão a todas as pessoas portais...

 

Aqui eu paro para explicar um pouquinho...

 

Ouvi pela primeira vez que  “pessoas são como portais”, com Paula Quintão, minha querida mentora de negócios.

 

Desde que ela denominou tão bem o que eu sentia nos encontros com pessoas de todos os tipos e de todos os lugares pelo quais venho passando, eu não consigo deixar de pensar, se quer um dia, o que as pessoas que passarão pelo caminho têm para me mostrar ou ensinar.

Cada encontro, com conhecidos ou desconhecidos, vale como ouro para mim. Saber que pessoas são como portais me tornou muito mais responsável pelo meu modo de relacionar.

Gratidão a toda a minha história, que me proporcionou idealizar o Consultório de Mãe, espaço no qual  eu me realizo fortalecendo a autoconfiança de mães que vivenciam relacionamentos conflituosos, tornando-as seguras e felizes no desempenho dos seus diversos papéis ocupacionais.

 

Gratidão à querida Rubia, idealizadora desse projeto maravilhoso “Memorarce”, do qual já sou fã e tenho a honra de fazer parte.

 

Eu sou Handula Janine.

 

Feliz Ano Novo!

 

Há-braços...

 

 

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

VIAGEM A OUTRO MUNDO

November 11, 2019

1/10
Please reload

Arquivos
Please reload

Siga-me
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon