Blog Memorarces

Por Rubia Arce e Colunistas

Vivências

28 May 2018

Olá, caros leitores!

 

Venho falar sobre as inúmeras e extraordinárias vivências das quais são formadas nossas vidas. Elas sempre me fascinaram em vários aspectos, porque a vida sempre me interessou. Vida humana, vida em essência, vida experimentada, a grande mágica do que é viver.

 

Hoje, lidando com histórias de vida, alimento, quase que diariamente, o meu ímpeto de enxergar o ser humano como ele é. E, isenta de quaisquer julgamentos, busco compreender as diversas faces da vida, representadas pelas histórias magníficas de pessoas que pensam que são comuns, mas que se revelam extraordinárias bem diante dos meus olhos.

 

Porém, hoje irei falar sobre uma vivência maravilhosa que experimentei nos últimos dias, e que, simplesmente, me fez enxergar a vida de forma diferente. Eu precisava falar sobre isso, e escolhi este canal para tal.

 

Um dia, conversando com minha cunhada sobre suas experiências de mãe de prematuros (sim, ela é mãe de dois prematuros), ela me disse das diversas dificuldades enfrentadas por estas mães que ultrapassam todos os limites do que é ser forte. E eu percebi que eu nunca havia pensado nisso. Nunca havia parado um instante que fosse para lembrar essas mulheres. Nem para sequer imaginar o que seria esta experiência para um ser humano, tão humano quanto nós.

 

Foi quando pensei: “Eu preciso fazer algo por estas mulheres.”

 

E, como, onde está a Memorarce sempre estarão as histórias, porque já descobri o poder das histórias para vida das pessoas, eu vislumbrei um vídeo, onde mulheres que já tivessem passado por esta experiência, contassem suas histórias de amor, força e fé, para levarmos uma mensagem de esperança a tantas outras mães que estão passando por isso neste momento, e as que ainda irão passar.

 

Mas eu não poderia realizar isso sozinha. Então, convidei a minha parceira, Ana Mazeo, da Ana Mazeo Fotografia, para assumir esta empreitada comigo. Assim como, conversei com a Júnia Mendonça, proprietária do Pampulha Garden, que muito generosamente nos cedeu o espaço para realizarmos as gravações.

 

Durante a realização do trabalho, aprendi mais sobre força e amor do que em toda a minha vida. Pude aprender o quanto o ser humano pode ser forte e o quanto ele pode amar. O quanto o amor pode suportar, pode curar, pode salvar.

 

O meu total desconhecimento sobre a realidade dessas mulheres se revelou neste momento. E pude, realmente, ter certeza de que são indubitavelmente extraordinárias. Pude enxergar a essência tão linda delas e ver o que elas representam para o mundo.

 

Que elas são exemplos de força, resiliência e fé, todos já sabem. Mas o que se revelou para mim foi a natureza amorosa destas mulheres. Algo que eu nunca havia visto antes. E a forma tão natural como elas lidaram com tudo, mesmo nas horas mais difíceis.

 

Eu as amei desde a primeira vez que as vi.

 

E realizamos o trabalho. Foram meses de trabalho duro e muita dedicação, para concluir esse projeto. Há alguns dias, promovemos um evento lindo para o lançamento do vídeo.

Foi uma das vivências mais lindas da minha vida.

 

Acho que nunca irei esquecer este momento. Olhos marejados, olhares de puro amor e respeito ao que estava sendo apresentado ali. Abraços tão reconfortantes, palavras emocionadas, carregadas de gratidão e satisfação por um dever cumprido. Pessoas de altíssima qualidade humana, reunidas em um só lugar. Todos em prol de uma causa.

 

Não poucas vezes, não tive palavras para descrever o que estava sentindo.

 

Uma vivência como esta, é o que agrega valor à vida.

 

O meu desejo é que este vídeo chegue a cada mãe e família que esteja passando por essa experiência. Que ele seja uma luz, nem que seja uma pequena lâmpada acesa na vida destas pessoas, nas horas mais escuras, quando a esperança já estiver por um fio e elas acharem que já não podem mais.  

 

E, ainda, que todas as pessoas tenham a oportunidade de experimentar vivências como esta que eu vivi. Que nos transformam de dentro para fora, que nos lembram a essência maravilhosa das pessoas, em um mundo onde sempre se tenta ressaltar o que os serem humanos realizam de ruim. Que nos ensina o que o amor pode realizar e o quanto somos capazes de amar.

 

Seguimos com o projeto, da forma que podemos fazer, mas com uma vontade imensa de realizar mais.

 

Assista o vídeo aqui, e compartilhe se achar que vale a pena.

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

O PESO

November 18, 2019

1/10
Please reload

Arquivos
Please reload

Siga-me
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon